Aprovação social na ponta dos dedos: representação do eu e gerenciamento de impressões no Tinder

Fernanda Carrera, Rafaela Bernardazzi, Aracely Xavier, Heloize Beatriz Medeiros, Larissa Oliveira

Resumen


Este trabalho visa, de forma exploratória, compreender as dinâmicas de gerenciamento de si no Tinder a partir da perspectiva dramatúrgica de Erving Goffman. Entende-se que, por acionar mecanismos de geolocalização e de interação assíncrona, este aplicativo de relacionamento moviliza formas diferentes de apresentação do eu e de legitimação de fachadas sociais. Sendo assim, discute-se aqui de que forma os usuários constroem a si mesmos diante dos limites materiais do dispositivo móvel, buscando, assim, a legitimação social de suas identidades postas à interação.


Citas


Birnbaum, M. G. (2008). Taking Goffman on a tour of Facebook: College students and the presentation of self in a mediated digital environment. Paper presented at Symposium III -University of Arizona.

Birnbaum, M. G. (2011). Taking Goffman on a tour of Facebook: College students and the presentation of self in a mediated digital environment. Doctoral dissertation.The University of Arizona, Tucson: ProQuest Dissertations Publishing.

Goffman, E. (1980). A Elaboração da face: uma análise dos elementos rituais da interação social. En S. Figueira (org.) Psicanálise e Ciências Sociais (p. 75-90). Rio de Janeiro: Francisco Alves.

Goffman, E. (1985). A representação do eu na vida cotidiana. Petrópolis: Vozes.

Goffman, E. (2010). Comportamento em lugares públicos: notas sobre a organização social dos ajuntamentos. Petrópolis, RJ: Vozes.

Goffman, E. (2012). Os quadros da experiência social: uma perspectiva de análise (tradução de Gentil A. Titton.) Petrópolis: RJ: Vozes.

Kerbrat-Orecchioni, C. (2006). Análise da Conversação. Princípios e Métodos. São Paulo: Parábola Editorial.

Nunes, J. A. (1993). Erving Goffman: a análise de quadros e a sociologia da vida quotidiana. Revista Crítica de Ciências Sociais, nº 37, pp. 33 – 49.

Pêcheux, M. (2006). O discurso: estrutura ou acontecimento (4ª edição). Campinas, SP: Pontes Editores.

Recuero, R. (2013). Atos de Ameaça a Face e a Conversação em Redes Sociais na Internet. In: A. Primo. Interações em rede. Porto Alegre: Sulina.

Smith, G. (2006). Erving Goffman. New York: Routledge.

Tasso, R. D. (2005). Uma desordem silenciada? O sujeito e a identidade em questão. Trabalho apresentado no Seminário de Estudos em Análise do Discurso. Porto Alegre, Rio Grande do Sul.


Texto completo: PDF (Português (Brasil))

Refbacks

  • No hay Refbacks actualmente.



Teknokultura
ISSN-e 1549-2230

© . Universidad Complutense de Madrid
Biblioteca Complutense | Ediciones Complutense